top of page
  • Foto do escritorMari Rabelo

Manutenção em Cervejarias



É comum nos depararmos com fábricas de cervejas - de diferentes portes - que apresentam maquinário inadequado e ainda assim acreditam que estão prontos para solicitar o registro de seu estabelecimento junto ao MAPA. Pior que isso, é quando nos deparamos com fábricas que já estão devidamente registradas mas que ainda assim insistem no uso de registros de latão, acessórios de cobre ou soldas com restos de decapantes que entram em contato direto com o produto alimentício (cerveja).

Diariamente, diferentes fábricas de cervejas nos consultam sobre como realizar redução de custos e otimizar seus processos sem perder a qualidade do produto final. Ao mapearmos o processo de um novo cliente em 100% das vezes identificamos defeitos em maquinário. Muitas dessas vezes o erro nem foi do fornecedor, mas do próprio empresário que optou por economizar no investimento e resolveu ele mesmo a instalação das máquinas ou a compra de acessórios sem ler os laudos técnicos. Em pouco tempo, é cerveja com gosto metálico por causa de peças de ferro, tanque com fermentação travada por causa de solenóide que queimou de novo ou borrachas de vedação soltando um caldo preto porque não suportam os procedimentos de CIP (Cleaning in place). Em resumo: é o barato que sai caro!

Por isso, o estudo tem um papel fundamental nas tomadas de decisões de cortes de custos. O problema não é economizar ou querer pagar mais barato em máquinas, é o que escolher para reduzir as despesas. Nós, da EmbuConsultoria, trabalhamos com os nossos clientes em busca de soluções inteligentes e técnicas que sejam de baixo custo. É uma parceria: quanto melhor a eficiência e produtividade dos nossos clientes, mais bem executado foi o nosso trabalho. Por causa disso, a prática da manutenção de equipamentos sempre esteve presente no nosso dia-a-dia.

A manutenção de máquinas é um tipo de intervenção para reparos que tem por objetivo manter a fábrica de cervejas produzindo com qualidade em quantidade e dentro do prazo estabelecido. Para isso, é preciso que as máquinas estejam em pleno funcionamento diariamente. Quem já tem cervejaria, ou já trabalhou em uma, sabe bem como é a rotina de "apagar fogo" em dias de brassagem e envase. O que não deveria, já que essa cultura de “apagar fogo” é exatamente o tipo de situação que deve ser evitado.

Existem 3 formas de manutenção: corretiva, preventiva e preditiva.

CORRETIVA: Relizada quando a máquina para ou apresenta algum defeito com redução de eficiência durante o uso. Na maioria das vezes é preciso parar o processo de produção da fábrica ou alocar algum funcionário para correção imediata do problema.

PREVENTIVA : Acontece com o objetivo de evitar que haja quebra de máquinas ou defeitos durante o seu uso. A manutenção preventiva é realizada periodicamente conforme um cronograma de ações. O período de manutenção preventiva de cada máquina é conforme a sua intensidade de uso e desgaste interno de acessórios e peças.

PREDITIVA: Através de softwares e equipamentos específicos, é possível monitorar em tempo real as condições de funcionamento e desempenho de uma máquina. Automaticamente, a própria máquina vai pedir ajuda ou te apresentar indícios de desgaste. Ocorre, na maioria das vezes, em sistema elétricos, hidráulicos ou pneumáticos.


Além disso, há a “Manutenção Autônoma” que, dentre todas, é aquela que deve ser de maior interesse para as Cervejarias. A manutenção autônoma é uma forma simples e barata de cuidar da manutenção dos equipamentos de uma fábrica. Essa prática consiste em um modelo de trabalho do tipo "faça você mesmo" no qual o próprio funcionário da empresa está apto para manter as condições básicas de funcionamento dos equipamentos. Esse tipo de prática reduz a necessidade de contratação de terceiros para solucionar problemas de falhas e quebras de equipamentos das fábricas de cervejas, além de trazer muita segurança para o responsável pelo setor de produção e reduzir os riscos de prejuízos. Em resumo, a Manutenção Autônoma se trata de um auto-gerenciamento e execução das diferentes tipos de manutenção necessários em uma fábrica de cervejas.

Com base na nossa experiência em chão de fábricas realizando manutenção em equipamentos, elaboramos um conteúdo simples e prático sobre como é possível ter muito controle, com pouco. E você pode saber mais clicando aqui.



Até a próxima!! Grande abraço!

18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page