top of page
  • Foto do escritorMari Rabelo

Mestre Cervejeiro? Qual melhor curso?



Há situações em que eu não recomendo essa formação. Se o objetivo profissional for operar máquinas, por exemplo, você não precisa ser Cervejeiro(a), basta experiência em chão de fábrica.

Se o objetivo profissional for abrir uma Cervejaria e ser Dono desse negócio, a formação mais adequada, muito provavelmente, é a de “Gestão de negócios”, “Administração” ou até mesmo “Vendas”.

Comumente, escuto o seguinte argumento de meus clientes “Ahh!! Mas vou ser cervejeiro(a) pra abrir a minha fábrica e depois eu contrato alguém para assumir o meu lugar!..”. Eu concordo que é impossível a gente delegar aquilo que a gente não conhece, todavia, até mesmo quando a gente não sabe alguma informação técnica ainda é possível sim terceirizar a demanda. É possível, por exemplo, compreender sobre “gestão” e contratar um Cervejeiro(a) para reportar os números importantes do negócio e que estejam relacionados às informações técnicas chaves: % perdas de processo e índices de processo (consumo de energia/L, consumo de agentes químicos/L, consumo de água/L, dentre outros). Com números em mãos, cabe então ao Dono do negócio “gerir”.

Veja bem, se a escolha profissional é se tornar Cervejeiro(a) para operar o próprio negócio, será preciso contratar alguém para ser “Chefe”, o(a) qual será responsável por lidar com gestão, vendas, relacionamentos e estratégias.

A romantização da profissão “Cervejeiro(a)” - comum em nosso setor, pode ser o primeiro passo para a frustração de quem vai abrir uma Cervejaria pela primeira vez. E, pensando na melhor forma de ajudá-lo(a) a economizar milhares de reais em uma nova formação profissional, aqui vão algumas dicas:

- Busque clareza pessoal quanto ao motivo de investir nessa profissão: o desejo é ter retorno financeiro trabalhando com cervejas OU o desejo é poder operar as máquinas e executar a fabricação das cervejas?

- Entenda de uma vez por todas que o(a) Cervejeiro(a) é responsável por elaborar receitas, bater metas de produção, gerir e otimizar processos;

- Entenda de uma vez por todas que os operadores quem são responsáveis por operar as máquinas, promover manutenção e limpeza das máquinas, garantir padronização do processo, e registrar dados;

- Entenda de uma vez por todas que o(a) Dono(a) do negócio é quem guarda a “visão” da empresa, ou seja, aquele ou aquela que norteia as decisões da empresa e lidera as estratégias que a equipe vai executar! O(A) Dono(a) quem vai definir as metas do Cervejeiro, Operadores, Gerente, Representante de vendas e Auxiliares.

Se você sabe de algum amigo ou amiga que vai investir em uma Cervejaria e está pensando em se formar antes de dar o primeiro passo, compartilhe este artigo ou marque-o(a) aqui nos comentários.

Um grande abraço e até a próxima, Mari.

174 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page