top of page

Dados de mercado: Anuário da Cerveja


Dia 8 de Maio do ano corrente, na Torre de TV no centro do plano piloto de Brasília, ocorreu o lançamento do Anuário da Cerveja do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) em parceria com o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicev). A noite contou com a presença de profissionais renomados, dentre eles o Presidente-Executivo do Sindicerv, representantes da Agrária, CandangoBrau, Abracerva, MAPA, Rede Food Service, representantes de Cervejarias locais, como, Quatro Poderes e Bezy, e outras cervejarias de renome nacional, como, Dádiva e Ambev. A EmbuConsultoria também marcou presença e acompanhou de perto as novidades do setor! 


Conforme o relatório, o Brasil conta com 1.847 cervejarias registradas no ano de 2023, um crescimento de 6,8% em relação ao ano de 2022, que contava com 1.729 cervejarias registradas. Estes estabelecimentos estão distribuídos em 771 municípios, aproximadamente 14% do total de municípios do Brasil, e apresentam maior concentração no sudeste do país, de modo que 46,3% dos estabelecimentos registrados estão nesta macrorregião, seguida da macrorregião Sul, que detém 39,6% do estabelecimentos registrados no Brasil. Dentre eles, os municípios que lideram as maiores concentrações de registros de estabelecimentos são: São Paulo (SP), com 61 estabelecimentos registrados, Porto Alegre (RS), com 43 estabelecimentos registrados, e Curitiba (SC), com 26 estabelecimentos registrados. Os dados apresentados não contabilizam as cervejarias ciganas nem consideram uma possível redução no número de cervejarias operantes em Porto Alegre, em função dos recentes desastres climáticos que o Rio Grande do Sul enfrenta atualmente.  Até aí, nada de novo, visto que esse tímido, porém relevante crescimento do setor vem se arrastando desde 2021, ano da primeira edição do Anuário da Cerveja do MAPA, bem como a liderança de rankings das macrorregiões e municípios apresentados.  


O que realmente chama atenção no último anuário de cervejas são as novas informações referentes aos dados de geração de emprego do setor e Litragem de produção de cervejas. 


Embora o setor cervejeiro apresente crescimento do número de estabelecimentos produtores de cervejas, foi observada uma pequena redução na geração de empregos no setor, entre os anos de 2022 e 2023, em todas as macrorregiões do país, sendo que o Sudeste apresentou maior redução do número absoluto de postos. Conforme o portal do perfil setorial da indústria, houve um aumento significativo na aquisição de ativos imobilizados na indústria de bebidas nos anos de 2019 e 2020, período em que eclodiu a pandemia de Covid19 no mundo. Ainda conforme o mesmo portal, há uma contínua redução no número de empregos formais no setor de bebidas desde 2019 até 2022. Além disso, conforme estudo realizado por OTRS Spotlight: IT Service Management 2023, realizado pelo OTRS Group, o Brasil foi o país que apresentou maior porcentagem de executivos que já utilizam ou querem utilizar automação de processos, sendo que cerca de 52% das empresas já adquiriram as ferramentas necessárias e têm experiência em seu uso. A pesquisa ouviu 600 empresários e executivos na Alemanha, Estados Unidos, Brasil, México, Cingapura e Hungria. No Brasil, as empresas que responderam à pesquisa e implementam automação de processos, alegam que os maiores benefícios do uso de tecnologias são economia de tempo (23%), seguido de crescimento mais rápido da empresa (19%) e economia de custos (18%). A pesquisa pode não representar o cenário nacional, mas vai de acordo com o aumento de número de canais automatizados para atendimento aos clientes no setor de bebidas, aumento de delivery e aumento da oferta de máquinas semi-automatizadas por parte dos fabricantes de equipamentos para cervejaria, como é o caso da Unit, EZBrew, Allbot, BierBrauer e outros pequenos fabricantes, observados nos últimos anos. Portanto, entendemos que é possível que o uso de melhores tecnologias tenha contribuído para a crescente substituição e redução dos postos de trabalho no setor de bebidas brasileiro, bem como para diferentes setores no Brasil e no mundo. 


Quanto ao volume de cervejas produzidas em todo o Brasil, este é um novo dado apresentado no anuário, o qual não foi compartilhado em edições anteriores. Muito provavelmente, este dado ainda não havia sido disponibilizado, pois, apenas em janeiro de 2024 que o MAPA disponibilizou um canal online e automatizado para envio de relatórios de produção anual, sendo que, até 2023, os relatórios eram recebidos pela fiscalização em arquivos avulsos via e-mail ou impressos. Possivelmente, o recebimento de relatórios em um formato único padrão permitiu que a fiscalização organizasse os dados da indústria de cervejas no Brasil para análise. Esta organização de dados foi uma grande conquista para o setor, o qual agora apresenta uma fonte de dados assertiva e bastante representativa quanto ao volume de cervejas produzido por região, uso de adjuntos, estilos de cervejas e outros dados relevantes que permitem análise para tomadas de decisões estratégicas nos negócios cervejeiros de todo o país. Quanto a média do número de registros de produtos por estabelecimentos produtores de cerveja, conforme o Anuário da Cerveja, praticamente não houve variação, sendo que a média foi igual à 24,7 produtos/cervejaria em 2022 e 24,8 produtos/cervejaria em 2023. Em 2023, houve um aumento de 6,6 % em relação ao total de produtos registrados em 2022. 


A Embuconsultoria, empresa de assessoria para indústria de bebidas, detém cerca de 2,6% do número de registros de estabelecimentos no MAPA no Brasil, sendo que auxiliou no registro de pequenas à grandes indústrias diretamente em 14 estados brasileiros, e indiretamente em todo o Brasil - através de materiais de estudo disponibilizados em plataforma de ensino própria. Para melhor compreensão dos dados disponibilizados pelo MAPA, você pode ler o Anuário da Cerveja completo clicando aqui.  

54 visualizações0 comentário

Comments


Verificando a temperatura

Assine a nossa Newsletter Semanal

Receba as nossos artigos em seu E-mail

Obrigado por se inscrever!

bottom of page